Chef italiano Salvatore Loi emplaca mais um sucesso na cidade, o Mondo, na Oscar Freire

MONDOABRE

Chef que construiu sua fama nos 13 anos que liderou as cozinhas da grife Fasano, Salvatore Loi emplacou mais um sucesso na cidade. Atualmente à frente do concorrido Moma, no Itaim, e destemido para abrir novos negócios (apesar do histórico de desentendimentos com sócios por onde passou), o mestre-cuca italiano acaba de inaugurar o Mondo, nos Jardins.

MONDO8_MauroHolandaA legião de seguidores paulistanos do chef natural da Sardenha já está lotando o endereço, que ressuscitou a agradável esquina da Rua Oscar Freire com a Alameda Casa Branca (que abrigou até 2002 o Limone e estava fechada há anos).

Nesta nova empreitada, Loi uniu-se ao empresário Lalo Zanini (da Tartuferia San Paolo). A dupla escolheu para executar as receitas Juliana Rezende, que já havia trabalhado com Loi e é formada na Le Cordon Bleu de Los Angeles (EUA).

MONDO5_MauroHolandaAltos e baixos marcam as entradas. A polenta taragna cremosa com queijo taleggio e salame da casa (45 reais) saiu-se melhor que o steak tartar de filé-mignon com pistache (49 reais), que pedia mais tempero. Nesta seção, há ainda o foie gras com ovo frito e cogumelos sautée (49 reais), que estava em falta na visita realizada.

Mais tentadores são os pratos principais que levam a marca registrada de Loi, como sua lasanha com ragu de vitelo, molho demi-glace e fonduta de grana padano (79 reais; foto). A mesma carne e a mesma fonduta também aparecem nos delicados raviólis (55 reais; na foto que abre o post), curiosamente servidos sem separar as peças recheadas.

MONDO2Um interessante contraste entre salgado e doce dá graça ao risolio (risoto sem manteiga) de codorna desfiada, castanha portuguesa em lâminas e mosto cotto (um creme adocicado de uva-passa e vinho tinto reduzido). Na finalização, o prato (62 reais) é polvilhado de chocolate amargo (com 70% de cacau) temperado com especiarias.

MONDO1Também aguçam o paladar o gnocchetti (massa fresca sem ovo) com ragu de linguiça, azeitona preta e creme de pecorino (55 reais) e, entre as carnes, a porchetta ao forno coberta de aligot e acompanhada de purê de maçã verde (84 reais).

De valor atraente (60 reais), o menu-executivo servido no almoço de segunda a sexta-feira até 15h inclui atualmente o ótimo brasato bovino ao vinho tinto com risoto de açafrão (foto) como prato principal e dá direito a escolher entrada e sobremesa no cardápio chamado mezzogiorno.

Mondo
Rua Oscar Freire, 30, Jardins, tel.: (11) 3061-2787.
Segunda a quinta, 12h/15h e 19h/0h;
Sexta, 12h/15h e 19h/1h;
Sábado, 12h/17h30 e 19h/1h;
Domingo, 12h/17h.



HIGHLIGHTS
Mondo

Faixa de Preço: $$
Tipo de Cozinha: Italiana

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar