Novidade em Alto de Pinheiros, Cór destaca-se pelas carnes dry aged e bonitas instalações

COR1

Bairro um tanto carente de boa gastronomia, Alto de Pinheiros ganhou um endereço com potencial para figurar no primeiro time dos restaurantes de carne da cidade. Foi inaugurado no pedaço, três meses atrás, o Cór, que ocupa a privilegiadíssima esquina da Praça São Marcos (junto à Avenida São Gualter) onde funcionou o finado Fidel.

COR3Para dar vida ao Cór, foi contratada a consultoria do badalado chef-açougueiro peruano Renzo Garibaldi. Dono do Osso Carnicería y Salumeria, ele recebeu em Lima para um estágio de dez dias a jovem chef paulistana Thais Alves, de 25 anos, que tem no currículo passagens por Maní (SP) e Lasai (RJ).

No comando da churrasqueira aberta para o elegante e amplo salão, Thais mostra domínio sobre a técnica do dry-aged, na qual as carnes são maturadas a seco, processo que concentra sabores e quebra as fibras, tornando-as mais macias.

COR5Antes de prová-las, dê uma espiada nas sugestões de entrada. Se o polvo na brasa (39 reais) carecia de maciez no dia da visita, por outro lado uma receita de inspiração peruana arrebatou o paladar. O ceviche de peixe branco (29 reais; foto) é curiosamente servido com leche de tigre quente que leva um toque da pimenta ají amarillo e fios crocantes de alho-poró.

COR4Ainda que a fraldinha e o bife de chorizo (55 reais; 300 gramas) figurem na lista de carnes, que não é extensa, o bacana é investir nos cortes dry-aged, com pedido mínimo de 500 gramas e cobrados por peso. Paga-se 20 reais a cada 100 gramas das peças maturadas de 14 a 30 dias e 30 reais por cada 100 gramas das maturadas de 40 a 60 dias.

Na visita realizada foi possível provar o new york strip (chorizo com osso) maturado por 21 dias e o ainda melhor prime rib (bife ancho com osso; foto que abre o post) maturado por 60 dias, de exemplar maciez e deliciosamente rosado por dentro.

COR2A cozinha ganha pontos também pelos acompanhamentos. Exibem personalidade, por exemplo, o repolho na brasa com farofa de castanha-do-pará e molho de ostras (12 reais); o ótimo vinagrete de banana-da-terra e os legumes na grelha com um toque de vinagre balsâmico (12 reais; foto).

Cór
Praça São Marcos, 825, Alto de Pinheiros, tel.: 3726-2908 e 3021-2399.
Terça a quinta, 12h/14h45 e 19h/22h45;
Sexta, 12h/14h45 e 19h/23h45;
Sábado, 12h/16h45 e 20h/23h45;
Domingo, 12h/16h45.



HIGHLIGHTS
Cór

Faixa de Preço: $$$
Tipo de Cozinha: Variada

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar