[SP] Badalada vinícola paulista Guaspari abre vinhedos à visitação e lança novo rótulo

GUASPARI4

Foi quase como um conto de fadas. No ano passado, uma vinícola novata e do interior de São Paulo — região sem tradição no mundo do vinho — conquistou uma inédita medalha de ouro para o Brasil em um dos concursos de vinho mais respeitados do mundo, o Decanter World Wine Awards, promovido anualmente pela revista inglesa Decanter, espécie de bíblia da área.

GUASPARI7O rótulo em questão foi o Vista do Chá Syrah 2012, da vinícola Guaspari, que conquistou 95 pontos (mesma pontuação de outros dois rótulos da gaúcha Casa Valduga, o Terroir Leopoldina Merlot e o Leopoldina Chardonnay). Tal reconhecimento fez da paulista Guaspari (pronuncia-se Guaspári) uma das vinícolas mais badaladas do momento.

A boa notícia aos entusiastas do vinho: a vinícola localizada a 200 quilômetros da capital, em Espírito Santo do Pinhal, abriu seus vinhedos à visitação.

Pela primeira vez será possível visitá-los na época da pré-colheita e de colheita (de junho até o início de agosto), quando as videiras estão carregadas, formando um belo cenário.

GUASPARI1Neste período haverá duas visitas disponíveis mediante agendamento, sendo a mais completa delas aos domingos, em horário único, às 10h30. Nela, o visitante conhece as charmosas instalações da vinícola boutique, passando pelos tanques de fermentação, a sala subterrânea de barricas francesas de carvalho (foto) e a cave de garrafas.

O programa (180 reais) inclui ainda a prova de três rótulos da Guaspari conduzida por um enólogo e um passeio de caminhão de 4 quilômetros até o vinhedo mais alto da propriedade, o Vista da Serra, a 1300 metros de altitude — de onde, claro, avistam-se as montanhas da Serra da Mantiqueira, quase na divisa com Minas Gerais.

NOTA DA REDAÇÃO: foi informado na própria vinícola, na 4a-feira (7/6), que o preço da visita de domingo era de 150 reais. A alteração do valor para 180 reais foi feita depois do fechamento do post.

GUASPARI8Durante o passeio, aprende-se sobre o microclima da região que imprime frescor e acidez no vinho, sobre as características do solo granítico dali (semelhante ao do Vale do Rhône, na França) e sobre o processo da dupla poda, que permite a transferência da colheita para o inverno — quando há alternância entre dias ensolarados e noites frias, contribuindo para o amadurecimento desejado das uvas. As visitas aos sábados (120 reais) ocorrem às 10h e às 14h, porém sem a subida até os vinhedos.

GUASPARI3As plantações das videiras da Guaspari começaram em 2006 e hoje ocupam 50 hectares dos 800 hectares de duas fazendas cafeeiras centenárias (que já foram cenário até para as novelas globais Terra Nostra e O Rei do Gado).

Depois de lançar no ano passado o ótimo Vista do Bosque Viorgnier 2015 (138 reais), branco que passa 1 ano em barrica, a Guaspari lançou nesta semana (7/6) um interessante blend bordalês. O Vista da Mata 2014 (148 reais; foto), é um corte de cabernet sauvignon (70%) e cabernet franc (30%), cepa esta que marca o aroma de pimentão-verde e dá um toque picante no sabor. A novidade estagia dois anos em barrica de carvalho.

GUASPARI5Menina dos olhos da vinícola, o syrah Vista do Chá safra 2014 conquistou novamente medalha de ouro no Decanter World Wine Awards deste ano, com os mesmos 95 pontos da safra 2012. São produzidas no máximo 8 mil garrafas por ano.

Para quem mora em São Paulo, é um tanto cansativo fazer bate-e-volta no mesmo dia até a Guaspari (embora o trajeto seja só por estradas boas e asfaltadas). Uma dica é almoçar ou jantar na cidade de Espírito Santo do Pinhal, no Opção Trattoria (recomendado pela Guaspari e com vinhos com o mesmo preço da vinícola) e se hospedar num dos hotéis da região, como o quatro-estrelas Villa do Poeta.

Vinícola Guaspari
Rua Pedro Ferrari, 300, Espírito Santo do Pinhal, tel.: (19) 3661-9191.
Fica a cerca de 2h20 minutos de carro de SP
Agendamento da visita: enoturismo@vinicolaguaspari.com.br
Visita aos sábados (10h e 14h): 120 reais
Visita aos domingos (10h30):  180 reais (inclui passeio até os vinhedos).
 Agendamento obrigatório.
Estacionamento gratuito no local.
I
dade mínima: 18 anos.
Cartões aceitos: Visa, Master, Elo, Diners e American Express.
Wi-Fi disponível no local.



HIGHLIGHTS
Vinícola Guaspari

Faixa de Preço: $$$
Tipo de Cozinha: Não possui

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar