[SP] Sensação do MasterChef, chinesinha Jiang inaugura boteco asiático em Pinheiros

CHICAPA

Uma das mais carismáticas participantes do reality show MasterChef Brasil, a chinesinha Jiang Pu enveredou-se de vez pelo mundo da gastronomia. Terceira colocada na 2ª temporada do programa, ela é a primeira ex-MasterChef a abrir um restaurante próprio em SP.

CHI5Jiang inaugura oficialmente ao público nesta 4a-feira (14/6) o Chi, que funcionou por três semanas em soft opening. Num simpático sobradinho na Rua Cônego Eugênio Leite (no quarteirão entre a Rua dos Pinheiros e a Avenida Rebouças), a casa propõe-se um izakaya com receitas de tempero asiático.

Na primeira visita, o Chi mostrou-se promissor. Dá vontade de provar várias das treze entradinhas do menu, com preços convidativos, a partir de 8 reais, como o iriko (amendoim com peixe seco, alho, cebolinha e pimenta dedo-de-moça).

CHI7Montado como um minissanduíche no pão no vapor, o bao de frango empanado (16 reais; foto) pedia um pouco mais do curry prometido no cardápio para realçar o sabor. Saiu-se melhor o guiosa artesanal recheado de carne de porco, nirá, cenoura e cebolinha (14 reais; quatro unidades).

Nascida em Guilin, no sul da China, Jiang chegou ao Brasil aos 12 anos e formou-se em estatística pela USP antes de virar queridinha dos fãs do MasterChef. As principais tentações do cardápio são as receitas do país-natal da cozinheira preparadas na wok, aquela panela típica chinesa.

CHI3Entre elas está o saboroso san gu ni rou (32 reais; foto), que traz pedaços de alcatra ao molho shoyu mais cogumelo, cebola e pimentões verde e vermelho. Faz boa companhia o chaofan (15 reais; foto), arroz salteado com cenoura, ovo, ervilha, milho, cebolinha e moyashi (broto-de-feijão).

Também faz bonito no cardápio o caprichado lámen (38 reais), com barriga de porco, ovo cozido, naruto (processado de peixe), cebolinha e acelga.

CHI4Uma esperta carta de coquetéis, com quinze clássicos e cinco receitas autorais, confirma o viés de bar do Chi. Com um sabor que remete principalmente a mel e canela, o kenzo spice (24 reais) traz saquê infusionado com especiarias, mel de engenho e xarope de gengibre. Também agradou o refrescante gim-tônica com Tanqueray e um toque de suco de grapefruit (31 reais; foto).

Chi
Rua Cônego Eugênio Leite, 448, Pinheiros, tel.: (11) 3062-7350.
Terça a quinta, 18h/23h;
Sexta a sábado, 18h/0h;
Domingo, 12h/16h.
Facebook: @ChiRestaurante

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar