Celebrado italiano Più abre elegante, espaçosa e concorrida filial no Iguatemi

Um dos mais queridos italianos da nova geração, o Più trilhou caminho semelhante ao de muitos restaurantes bacanas da cidade e ganhou uma filial em shopping. Desde dezembro, a casa reforça a oferta gastronômica do Iguatemi, onde passou a ocupar o célebre ponto no piso superior no qual funcionou por décadas uma das primeiras unidades do restaurante América.

Fisicamente, o novo Più diferencia-se do estilo acanhado da matriz de Pinheiros. Mais elegante e espaçoso, comporta 108 pessoas em um salão com quase 6 metros de pé-direito, precedido por um bar.

O cardápio, aos cuidados do competente chef Marcelo Laskani, combina receitas que deram fama ao Più e outras exclusivas desta unidade. Uma das entradas é o carpaccio crocante (42 reais; foto), de apresentação curiosa. Nele, cones recheados de carpaccio, mostarda trufada e grana padano chegam à mesa fincados num vaso de flores, com “terra” feita de migalhas de pão.

Entre os pratos principais, aparecem em destaque massas frescas sempre de ótimo ponto al dente. Uma das mais apetitosas é o picci de agrião (61 reais; foto). A massa verde alongada, mais grossa que um espaguete, não leva ovos na preparação. É servida com folhas de agrião, cebola-roxa, tomatinhos e um encorpado ragu de pescoço de cordeiro, cozido lentamente por 12 horas em vinho tinto.

Também harmonioso é o espaguete cacio e pepe (61 reais; foto), que leva o queijo artesanal de ovelha maturado chamado araritaguaba, feito na cidade de Porto Feliz (SP) e que lembra o pecorino italiano. A receita traz ainda um toque de tinta de lula e é incrementada com tenros anéis de lula, que dão ao sabor aquele gostinho de tostado da grelha.

Nos animados almoços de segunda a sexta, que vão até pelo menos 15h, o Più Iguatemi optou por não servir o cardápio completo e sim um executivo com entrada e prato principal por 64 reais. Torça pra aparecer o tagliatelle com ragu de linguiça de javali (foto) ao molho de tomate fresco, folhas de manjericão, azeitona italiana e erva-doce.

O gim tônica com rodelas de caju (29 reais) é boa pedida, mas a carta de vinhos traz bons exemplares, como o tinto argentino Amalaya Colomé Malbec (124 reais), da região de Salta. Caso queria investir mais numa garrafa, vale provar o ótimo Guaspari Vista da Mata (172 reais), elaborado em Espírito Santo do Pinhal (SP). É um corte de cabernet franc e cabernet sauvignon que estagia 19 meses em barrica de carvalho francês e mais um ano em garrafa.

Più Iguatemi
Shopping Iguatemi (piso superior), tel.: (11) 3360-7718.
Segunda, 12h/15h e 19h/22h;
Terça a quinta, 12h/15h e 19h/23h;
Sexta, 12h/15h30 e 19h/23h;
Sábado, 12h/16h30 e 19h/23h;
Domingo, 12h/16h30 e 19h/21h.



HIGHLIGHTS
Più Iguatemi

Faixa de Preço: $$
Tipo de Cozinha: Italiana

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar