Trinca Bar & Vermuteria já nasce como um pequeno templo da coquetelaria em São Paulo

“Um grande bar de coquetelaria é sempre um pequeno bar de coquetelaria”. É com esta máxima, de receber os clientes como se estivessem na própria casa, que os bartenders Alê Bussab e Tábata Magarão inauguraram o Trinca, na região do Baixo Pinheiros.

Anote aí: a novíssima casa já nasce como um pequeno templo da coquetelaria na cidade.

Vizinho ao célebre Guilhotina, o Trinca nasceu da devoção do casal de proprietários pelo tema. Estudiosos do assunto e sempre dispostos a um bom papo, o paulistano Alê e a fluminense Tábata comandam o belíssimo balcão que perfila uma bela coleção etílica.

Além de bar de drinques, a casa também se apresenta como uma vermuteria. A ideia é difundir por aqui o hábito italiano e espanhol de apreciar o vermute puro, como aperitivo (25,90 reais), num copo com gelo, fatia de laranja e azeitona. São produzidos no Trinca três vermutes próprios — dois deles com base de chardonnay e um de malbec.

Um dos vermutes da casa entra, por exemplo, na receita do negroni trinca (35 reais; foto), que tem notas salinas, de cacau e de baunilha.

Outros coquetéis equilibrados são o abaunilhado rabo de galo envelhecido em amburana (29 reais) e o seco e herbal lua nova martini (45 reais; foto). Este reverse martini (ou seja, leva mais vermute que gim) é preparado com vermute seco francês Dolin, gim Hendrick’s e bitter de laranja. Ganha na finalização um picles de jabuticaba espetado no palito.

O drinque autoral mais surpreendente provado por lá foi o jerez jerez jerez (foto). Numa taça nick & nora, combina dois tipos de jerez (fino e oloroso) e dois vermutes (dry e de jerez) com um toque de angostura e cordial de cumaru. Vale os 45 reais cobrados.

A lista de comidinhas, focada principalmente em frituras na linha finger food, merecia ser ampliada. Caso goste de uma boa resenha sobre coquetelaria, não pense duas vezes e prefira tomar assento no balcão — o papo vai longe.

Trinca Bar & Vermuteria (@trincabar)
Rua Costa Carvalho, 96, Pinheiros.
Segunda e terça, 18h/23h;
Quarta e quinta, 18h/0h;
Sexta e sábado, 18h/1h;
Fecha aos domingos.



HIGHLIGHTS
Trinca Bar & Vermuteria

Faixa de Preço: $$
Tipo de Cozinha: Petiscos

Jornalista paulistano, foi crítico de bares da revista "Veja São Paulo" durante dez anos — período em que escreveu e foi jurado das edições anuais "Comer e Beber". Antes, trabalhou como colunista do jornal "O Estado de S. Paulo" (de 1994 a 2001) e colaborou para os extintos "Jornal da Tarde" e "Época São Paulo". Nos últimos dez anos, visitou dezoito países, sempre em busca de bons lugares para comer, beber, badalar e exercitar a boemia.

Seja o primeiro a comentar